GR8MOTORS

Quais os clichês mais comuns de filmes de ação?

Desde os protagonistas invencíveis, vilões caricatos, sequências de perseguição de carro e diálogos cheios de frases de efeito, os clichês dos filmes de ação fazem parte do seu DNA.

Por Meu Quadradinho em 15/02/2024 às 22:38:13

O hacker brilhante

Cena do filme “The Fate And The Furious” / Universal Pictures

Em filmes de ação das últimas décadas, sempre há um personagem coadjuvante especializado em tecnologia que ajuda o protagonista em sua missão. 

Frequentemente, esses personagens são capazes de invadir sistemas de segurança ou desativar dispositivos cruciais com habilidades extraordinárias em computação.

O protagonista vê vídeos caseiros (ou hologramas ou flashbacks em primeira pessoa) da esposa/namorada morta ou desaparecida

John Wick (2014) / Summit Entertainment

Um dos clichês mais interessantes e cinematográficos dos filmes de ação é quando o herói, em algum momento, vê vídeos caseiros de sua amada, que pode estar morta ou desaparecida. 

Essas filmagens geralmente retratam momentos íntimos do casal, com a parceira do heroi demonstrando ou declarando seu amor por ele. Geralmente, o heroi está em uma sala ou quarto escuro. 

Se o filme for ambientado no futuro, o vídeo caseiro pode ser substituído por um holograma, como acontece em “Minority Report – A Nova Lei”. Em “Robocop” (1987), Alex Murphy / RoboCop (Peter Weller) tem flashbacks de momentos íntimos com sua esposa.

Personagem de Tom Cruise admirando o holograma da sua falecida / Minority Report – A Nova Lei (2002) – Amblin Entertainment

Leia mais:

Dilema dos fios coloridos na hora de desarmar uma bomba relógio

Personagem de Keanu Reeves desarmando uma bomba, que está colocada em baixo da carroceria de um ônibus / Speed (1994) – 20th Century Fox

Esse é um dos clichês mais famosos dos filmes de ação. Nele, os personagens se deparam com uma bomba complexa que tem vários fios conectados a ela, cada um de uma cor diferente. 

Geralmente, essas cenas são tensas, pois os personagens precisam tomar uma decisão rápida sobre qual fio cortar para desarmar a bomba antes que ela exploda. 

Às vezes, há um cronômetro de contagem regressiva aumentando ainda mais a pressão sobre os personagens. Você já deve ter visto esses momentos em filmes como “Velocidade Máxima” ou “Duro de Matar 3: A Vingança”. 

Em alguns casos, cortar o fio errado não aciona uma explosão, mas faz com que o cronômetro acelere. Por exemplo, como acontece com Riggs (Mel Gibson) e Murtaugh (Danny Glover) em “Máquina Mortífera 3”.

Policial que resolve o caso depois de ser afastado

The Rookie (1990) / Warner Bros.

O protagonista é retirado do caso central quando as coisas dão errado. Frequentemente, ele leva toda a culpa pelo fracasso, seja por seu suposto temperamento explosivo, ou quando seus superiores acham que ele está se envolvendo pessoalmente demais e se tornando descuidado e negligente. 

Geralmente, o protagonista é forçado a tirar férias, colocado em um cargo hierarquicamente inferior, ou ainda tem seu distintivo retirado. 

Chefe de polícia pede para que o policial (James Woods, ao centro) entregue sua arma e distintivo / Cop (1988) / Credito: Atlantic Releasing Corporation (divulgação)

Contudo, é claro que o heroi sempre ignora as ordens diretas e se aprofunda mais na investigação por conta própria. No final, o policial acaba resolvendo o caso, restaurando sua reputação e às vezes calando a boca dos burocratas.

Mesmo após perder um dos sentidos ou ser gravemente ferido durante a batalha final, o herói ainda consegue vencer

Bloodsport (1988) / The Canon Group

Tropo bastante usado em filmes de luta e artes marciais. Em algum momento da luta final, o herói perde algum dos seus sentidos ou fica gravemente ferido. Mas mesmo assim, ele supera as limitações e vence a batalha. 

O herói muitas vezes se baseia em seus outros sentidos aguçados, treinamento intensivo ou pura força de vontade. Alguns dos exemplos mais famosos são em “O Grande Dragão Branco” (1988), onde Dux (Jean-Claude Van Damme) é temporariamente cegado durante a luta após Li (Bolo Yeung) esmagar uma pílula de sal e jogá-la em seu rosto. 

Nos momentos finais de “Karatê Kid – A Hora da Verdade” (1984), Daniel San (Ralph Macchio) tem sua perna lesionada mas mesmo assim vence.

Capanga baleado que dispara sua arma aleatoriamente

Déjà Vu (2006) / Buena Vista Pictures Distribution

Em cenas de tiroteio, um capanga sofre um tiro e, mesmo ferido, continua a disparar sua arma de forma descontrolada. Essa com certeza você já viu! 

Geralmente, o capanga atingido porta uma arma automática e seu disparo descontrolado costuma ser visualmente impactante. Na maioria dos casos, o capanga ferido acaba morrendo assim que atinge o chão, mas antes ele abate alguns companheiros.

Um objeto cortante ou afilado estará convenientemente no local quando alguém estiver amarrado

The Matrix Revolutions (2003) / Warner Bros

Coincidentemente, geralmente quando alguém está amarrado em um filme desse gênero, convenientemente haverá um objeto cortante presente no local que permitirá que o personagem se solte de suas amarras.

Um salvador surpresa ataca o vilão por trás quando o protagonista está encurralado

Cena de Blade Runner, em que o protagonista é salvo do perigo (momento 1) / Blade Runner (1982) – Warner Bros. Pictures

Um dos clichês mais utilizados em filmes de ação. O protagonista está sem saída, com o vilão prestes a eliminá-lo. 

Nesse momento, um aliado do herói aparece “convenientemente” para salvar o dia, atacando o malfeitor por trás e impedindo que ele complete sua ação. Isso pode envolver atirar, esfaquear, golpear ou de alguma forma incapacitar o vilão.

Cena de Blade Runner, em que o protagonista é salvo do perigo (momento 2) / Blade Runner (1982) – Warner Bros. Pictures

Arma convenientemente ao alcance

Disque M Para Matar (1954) / Warner Bros

Um personagem que está prestes a ser assassinado consegue, de maneira conveniente, alcançar ou acessar um item que lhe permite contra-atacar e sair da situação. 

Isso geralmente ocorre quando o personagem está subjugado fisicamente (estrangulado ou afogado, por exemplo) pelo agressor. Contudo, o objeto que o ajuda está convenientemente ao alcance de suas mãos.

Água ou fogo no cenário da cena de luta final

The Matrix Revolutions (2003) / Warner Bros

Muitos filmes de ação recorrem a cenários que envolvem água ou fogo durante a luta final. 

Geralmente usa-se este recurso para aumentar a intensidade e o drama da cena. Além disso, adiciona uma camada extra de perigo e espetáculo à sequência de ação.

Comunicar erro
BURITIS

Coment√°rios

PONTUAL CARGO