GR8MOTORS

DF ocupa segundo lugar no ranking de consumo excessivo de álcool no Brasil

No Distrito Federal, um em cada quatro indivíduos apresentou consumo abusivo de bebidas alcoólicas no ano passado, conforme dados do boletim epidemiológico mais recente da Secretaria de Saúde (SES-DF) sobre o tema.

Por Redação em 22/02/2024 às 21:13:34

Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo traz um alerta

Socioeducandos participam de semana de prevenção às drogas

A ação alerta para o fato de que o álcool e as drogas são fatores determinantes de dispersão no trânsito | Foto: Divulgação/Sejus

Blitz educativa alerta para riscos do uso de drogas e álcool no Carnaval

Rede de atendimento à população

A SES-DF oferece um amplo atendimento aos pacientes que sofrem com dependência de álcool e drogas. Nas unidades básicas de saúde (UBSs), é possível encontrar acompanhamento de profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF), como médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, farmacêuticos, dentre outros especialistas, para acompanhamento de enfermidades que possam ter sido desenvolvidas em decorrência do abuso dessas substâncias.

Para a coordenadora de Atenção Primária à Saúde (APS), Sandra Araújo de França, as UBSs são um ambiente seguro e confiável para buscar auxílio. "Com a garantia de máxima confidencialidade, as unidades oferecem um espaço para estratégias personalizadas, integrando a gestão do álcool e contribuindo na construção de comunidades mais saudáveis e resilientes", explica.

Caso seja identificada a necessidade de tratamento mais intenso, é realizado o encaminhamento a um Caps AD, que atende jovens a partir de 16 anos. O DF conta com sete dessas unidades, sendo duas com funcionamento 24 horas, incluindo fins de semana e feriados, localizadas em Ceilândia e no Setor Comercial Sul. As demais, com atendimentos diários, ficam no Guará, Santa Maria, Sobradinho, Itapoã e Samambaia.

*Com informações da SES-DF

Comunicar erro
BURITIS

ComentĂĄrios

PONTUAL CARGO