GR8MOTORS

Mercedes-Benz recua no plano de vender apenas veículos elétricos após 2030

A fabricante de automóveis Mercedes-Benz está recuando de seu plano de vender apenas veículos elétricos após 2030, afirmou na quinta-feira (22), informou o The Verge.

Por Meu Quadradinho em 23/02/2024 às 01:14:20

Foto: Reprodução internet

A fabricante de automóveis Mercedes-Benz está recuando de seu plano de vender apenas veículos elétricos após 2030, afirmou na quinta-feira (22), informou o The Verge. Isso evidencia que a indústria automobilística global está se sentindo mais pessimista em relação ao futuro totalmente elétrico após desaceleração no crescimento das vendas.

Há apenas três anos, a Mercedes estava bastante confiante nos motores elétricos, afirmando que até 2030 só venderia carros elétricos. Na época, a empresa afirmou que eliminaria completamente os veículos a gasolina, com a exceção de "onde os mercados permitissem". Agora parece que o mercado não está permitindo que a Mercedes siga em frente com seus planos.

Leia mais:

Hoje, a empresa afirmou em seu comunicado de resultados do quarto trimestre que espera que apenas 50% de suas vendas sejam totalmente elétricas – queda significativa em relação à perspectiva anteriormente otimista. Veículos a gasolina e híbridos continuarão fazendo parte do futuro da empresa nos próximos anos.

Mercado e demandas dos clientes determinam ritmo da transformação

  • "Os clientes e as condições do mercado vão determinar o ritmo da transformação", afirmou a Mercedes em seu relatório. "A empresa planeja estar em posição de atender às diferentes necessidades dos clientes, seja com propulsão totalmente elétrica ou um motor de combustão eletrificado, até bem adentrado os anos 2030";
  • Nem mesmo na Europa, onde o crescimento das vendas de veículos elétricos supera o da América do Norte, a Mercedes espera fazer a transição para vendas exclusivamente de veículos elétricos em breve, afirmou o CEO da empresa, Ola K√§llenius, à Reuters. "Não será 100% em 2030, obviamente¬Ö nem no mercado europeu como um todo, mas provavelmente também pelo lado da Mercedes", disse ele;
  • Os comentários dele seguem a tendência de outros executivos do setor automobilístico de expressar mais cautela em relação ao futuro dos veículos elétricos;
  • O CEO da Tesla, Elon Musk, alertou que a empresa está se preparando para crescimento significativamente mais lento nas vendas em 2024, enquanto empresas exclusivamente de veículos elétricos, como Rivian e Lucid, afirmaram que esperam que a produção se mantenha estagnada este ano;
  • Outras empresas, como GM e Ford, atrasaram a construção de fábricas ou cancelaram modelos.

As vendas de veículos elétricos representaram quase 8% do total nos Estados Unidos no ano passado, enquanto na Europa representaram 13%. As vendas ainda estão crescendo, mas os clientes estão se tornando mais exigentes em relação ao preço, expressando preocupação com o tempo de carregamento e a confiabilidade.

Enquanto isso, as vendas de veículos híbridos aumentaram significativamente, pois mais pessoas veem a vantagem de fazer apostas enquanto a infraestrutura de carregamento está em expansão.

Comunicar erro
BURITIS

Coment√°rios

PONTUAL CARGO