Funfestival

Bike subaquática promete velocidade sobre-humana, mas preço não ajuda

Eis algo que eu nunca tinha visto antes.

Por Meu Quadradinho em 15/05/2024 às 01:44:14

Eis algo que eu nunca tinha visto antes. Imagine um monociclo, só que com uma hélice na ponta e que funciona na água. Você encaixa os pés nos pedais e a estrutura toda é presa à sua cintura. Essa nova invenção veio da França, feita por uma empresa chamada Sea Bike.

Leia mais

A promessa é de que ela seria fácil de usar e te faria alcançar velocidades sobre-humanas. Vídeos publicados pela companhia mostram pessoas utilizando o produto e, de fato, nadando com bastante eficiência.

View this post on Instagram

A post shared by SEABIKE CLUB (@seabike.club)

Esse outro vídeo mostra como funciona debaixo d'água, onde fica claro que você precisa pedalar, como se fosse uma bicicleta mesmo.

Mais informações

  • É importante destacar que a pessoa deve saber nadar para usar uma dessas Sea Bikes.
  • Mas não precisa dominar todos os estilos.
  • Os nadadores que aparecem nos vídeos estão fazendo o crawl, ou nado livre.
  • Mas você pode ficar com os dois braços parados, se quiser.
  • A única diferença é que não vai precisar ficar batendo os pés.
  • O modelo também é totalmente compatível com uma configuração SCUBA.
  • Ou seja, você pode usar durante um mergulho:
View this post on Instagram

A post shared by SEABIKE CLUB (@seabike.club)

  • A Sea Bike afirma que a hélice (de 38 centímetros) gira devagar o suficiente para que você possa usá-la com segurança em piscinas com outras pessoas.
  • Outra curiosidade é que o aparelho é totalmente mecânico.
  • Não tem bateria nem sistema elétrico – funciona a partir da força das suas pernas mesmo.

Preço e impressões

No site oficial da marca, você encontra o modelo básico a 290 euros e a versão Pro a 370 euros. Estamos falando, portanto, de algo entre R$ 1600 e R$ 2 mil, na cotação atual.

Eu, sinceramente, não vejo muito sentido em comprar uma dessas, ainda mais por esse valor bem salgado. Sem contar que nadar vale bastante pela atividade física – e isso alivia bastante o esforço.

Mas a graça da vida está justamente nas pessoas serem diferentes umas das outras. E eu já vi muita gente gastando dinheiro com coisas que considero mais inúteis ainda.

As informações são do New Atlas.

Comunicar erro
BURITIS

Coment√°rios

PONTUAL CARGO