Funfestival

Emater-DF apresenta simulações no Circuito da Agroindústria da AgroBrasília

O Circuito da Agroindústria da Emater-DF na AgroBrasília 2024, entre os dias 21 e 25 de maio, vai surpreender os visitantes com as novidades.

Por Redação em 15/05/2024 às 21:47:15

O Circuito da Agroindústria da Emater-DF na AgroBrasília 2024, entre os dias 21 e 25 de maio, vai surpreender os visitantes com as novidades. Haverá duas maquetes em tamanho real representando duas unidades agroindustriais, uma de manipulação de ovos e a outra de processamento de mandioca congelada. O objetivo do espaço é incentivar o produtor rural a formalizar sua atividade ao entender que são estruturas simples, pequenas e, apesar do investimento necessário, viáveis.

"Ocorrem muitas situações em que o produtor rural não busca a formalização da sua atividade por desinformação, por esse motivo estaremos no espaço para dirimir qualquer dúvida em relação ao processo, estrutura e documentação junto à Divisão de Produtos de Origem Vegetal e Animal, da Seagri-DF, ou Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde, responsáveis pela emissão do registro"

Paulo Álvares, extensionista da Gerência de Desenvolvimento Social

A formalização da atividade agroindustrial traz ganhos para todos. O cliente porque adquire produtos com qualidade e vindos da produção familiar. O produtor rural ganha ao vender um produto com garantia sanitária produzido em ambientes controlados e ambos ganham por um produto com alto valor agregado.

Para complementar as simulações das unidades agroindustriais, que não serão operacionais, os interessados receberão informações relacionadas a todo o processo de registro da atividade. "Ocorrem muitas situações em que o produtor rural não busca a formalização da sua atividade por desinformação, por esse motivo estaremos no espaço para dirimir qualquer dúvida em relação ao processo, estrutura e documentação junto à Divisão de Produtos de Origem Vegetal e Animal, da Seagri-DF, ou Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde, responsáveis pela emissão do registro", informou o extensionista da Gerência de Desenvolvimento Social da Emater-DF, Paulo Álvares.

Abordagem

O Circuito da Agroindústria foi pensado para complementar os circuitos de produção. O produtor de aves, por exemplo, poderá conhecer todo o processo de produção no Circuito da Avicultura e, em seguida, vai conhecer uma agroindústria de manipulação de ovos e saber como colocar o produto no mercado formal, com garantia sanitária e de qualidade. Da mesma forma, vai acontecer com o produtor que for ao Circuito da Olericultura. Lá vai ver uma produção de mandioca BRS 426 e na Agroindústria vai conhecer uma planta de agroindústria de processamento de mandioca e entender que ele pode ter essa estrutura na sua propriedade e entregar para um cliente que está disposto a pagar um valor maior por uma mandioca já pronta para consumo final.

O produtor de aves poderá conhecer todo o processo de produção no Circuito da Avicultura e, em seguida, vai conhecer uma agroindústria de manipulação de ovos e saber como colocar o produto no mercado formal, com garantia sanitária e de qualidade | Foto: Divulgação/Emater-DF

A agroindústria rural faz parte de um conjunto de engrenagens, onde começa com o plantio, um bom manejo da produção ou da criação. Com isso, são obtidas grandes produções e produtos de ótima qualidade. Depois, é preciso pensar como colcar essa produção no mercado, seja industrializando, embalando ou manipulando, para obter o melhor resultado financeiro possível.

Dessa forma, a abordagem do circuito visa aumentar o número de agroindústrias instaladas no Distrito Federal, não só pelo fato de ter maior número de agroindústrias instaladas, mas pelo entendimento de que o produtor rural precisa investir nas diversas frentes de produção e pós-produção para aumentar a renda familiar, capacidade de geração de emprego nas áreas rurais e melhoria da qualidade de vida dos produtores e trabalhadores rurais.

"Vamos mostrar ao produtor rural como ele pode aproveitar sua produção rural para diversificar sua renda e desmistificar que a formalização da agroindústria é algo possível e necessária para ele garantir a qualidade sanitária do alimento, garantir a saúde de quem o consome e uma forma de garantir ou aumentar a possibilidade de comercialização desse produto. Hoje a população está cada vez mais informada e cada vez mais busca produtos do campo, oriundos da agricultura familiar, produzidos de forma sustentável e que não agrida o meio ambiente. Tudo isso junto abre espaço para que o produtor acesse mercados diferenciados e com mais opções de comercialização", finalizou Paulo Álvares.

AgroBrasília

A AgroBrasília é uma das maiores feiras do agronegócio do Planalto Central. Realizada pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), ela serve como vitrine de novas tecnologias e tem um cenário de referência em debates, palestras e cursos sobre diversos temas relacionados ao setor produtivo.

Em 2023, a feira recebeu 175 mil visitantes e movimentou R$ 4,8 bilhões em negócios fechados. Neste ano, o evento será realizado entre os dias 21 e 25 de maio, das 8h30 às 18h, no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, no PAD-DF, localizado estrategicamente a 60 km da Capital Federal, Brasília. A entrada é franca.

*Com informações da Emater-DF

Comunicar erro
BURITIS

ComentĂĄrios

PONTUAL CARGO