Funfestival

Seminário discute direitos humanos e diversidade nas escolas

A Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF), por meio da Subsecretaria de Educação Inclusiva e Integral (Subin), promoverá o 2º Seminário de Direitos Humanos e Diversidade, nesta quarta-feira (12), das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Por Redação em 11/06/2024 às 11:52:30

A Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF), por meio da Subsecretaria de Educação Inclusiva e Integral (Subin), promoverá o 2º Seminário de Direitos Humanos e Diversidade, nesta quarta-feira (12), das 9h às 12h e das 14h às 17h. Com o tema Pluralidade e Inclusão na Educação, o evento será no auditório do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), no Setor de Autarquias Norte, Quadra 3, Bloco A.

O seminário visa proporcionar uma ampla formação sobre o tema aos servidores da secretaria e à sociedade de forma geral. O evento é aberto ao público e não é necessário realizar inscrição prévia.

A programação do Seminário de Direitos Humanos e Diversidade terá palestras, apresentação de casos de sucesso e será aberto à comunidade em geral | Foto: André Amendoeira/SEEDF

Na programação, além de palestras sobre educação em direitos humanos, educação antirracista, e direitos dos estudantes LGBTQIAPN+, estarão a apresentação de experiências exitosas de projetos da rede pública de ensino do DF, como o Projeto Entre Elas, do CEM 04 de Sobradinho II. Desde 2021, a unidade escolar desenvolve o trabalho de valorização feminina e enfrentamento às violências contra meninas e mulheres.

Também haverá o relato de experiência do ex-estudante da rede pública do DF Andrey Silva, que já foi membro do Comitê Consultivo de Adolescentes do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescentes (CDCA/DF). Hoje, aos 19 anos, Andrey faz licenciatura em geografia na Universidade de Brasília (UnB) e é educador social voluntário em escola pública do Itapoã.

A primeira edição do seminário foi realizada em novembro do ano passado e abordou temas como diversidade e relações étnicos-raciais em palestras e minicursos de professores e convidados. Além disso, houve também a exposição de trabalhos realizados ao longo do ano, como o acolhimento dos alunos da comunidade indígena Warao Coromoto na rede pública de ensino.

*Com informações da Secretaria de Educação

Comunicar erro
BURITIS

ComentĂĄrios

PONTUAL CARGO